Dúvidas Frequêntes - Perguntas e Respostas

TENHO RISCO DE TER MEU BEBÊ PREMATURO?

Algumas mulheres podem ter ou apresentar maior risco que outras, veja se é o seu caso e converse com o seu médico:

  • Parto prematuro na gestação anterior
  • Ter alguma doença ou alteração no colo do útero ou no útero
  • Ter alguma patologia como: obesidade, hipertensão ou diabetes
  • Fumar
  • Fazer uso de álcool ou drogas
  • Estar grávida de gêmeos
  • O intervalo entre as gestações ser menor que 1 ano e meio 
  • O bebê apresenta alguma má formação
  • Ser menor de 19 anos 
  • Estar muito magra
  • Ter a doença periodontal, que faz com que a gengiva sangre com muita frequência

QUAIS SÃO OS CUIDADOS QUE EU DEVO TER?

  • Fazer todo o pré-natal desde o início e não faltar as consultas, mesmo que não tenha o resultado dos exames que seu médico pediu.
  • Fazer todos os exames e na data certa.
  • Tomar remédios ou vitaminas exatamente como o médico pediu.
  • Cuidar da higiene pessoal para evitar infecções de urina.
  • Fazer uma alimentação saudável preferindo a comida caseira, frutas frescas e evitando refrigerantes, comidas industrializadas e fast food.
  • Não fazer uso de cigarros, bebidas alcoólicas ou drogas.
  • Evitar estresse.
  • Seguir as recomendações passadas.
  • Perguntar sempre que tenha dúvida, jamais sair da consulta com algo que não entendeu direito. Pergunte sempre diretamente ao médico e não para outra pessoa.
  • Controlar a pressão arterial e a taxa de açúcar no sangue.
  • Cuidar bem dos dentes

QUAIS SÃO OS SINAIS DE ALERTA?

  • Cólica que se repete parando e reiniciando repetidamente com o endurecimento da barriga.
  • Dor para urinar.
  • Estar tratando ou ter tratado uma infecção de urina ou na vagina. 
  • Perda de liquido ou sangramento
  • Sensação de muito peso na vagina – como se o bebê estivesse empurrando 
  • Ganho de peso e/ou inchaço repentino e anormal em poucos dias.

O QUE PODE SER FEITO SE EU BUSCAR AJUDA RÁPIDO?

Se você não demorar a procurar ajuda, existem remédios e técnicas que podem prevenir o parto prematuro. Também existe medicação que pode fazer parar o trabalho de parto.

Além disso, os médicos podem te dar uma injeção para o amadurecimento dos pulmões do bebê. Se for necessário, você pode receber antibiótico para tratar infecção e evitar que passe para o bebê.

QUAIS OS RISCOS DE UM BEBÊ PREMATURO?

Quando um bebê chega antes da hora ele é mantido na Unidade de Terapia Intensiva - UTI. Muitas vezes por um longo período que pode demorar dias, semanas ou até meses depois que ele nasceu.

Por ser ainda muito pequenininho, ele pode ter dificuldade em alimentar-se, sendo necessário alimentação por sonda. Ele também pode não conseguir respirar sozinho e precisar de aparelhos e oxigênio para isso.

Alguns prematuros nascem ou podem desenvolver muitos problemas como a paralisia cerebral, a dificuldade para aprender, andar, enxergar ou ouvir.

O risco de morte para prematuros é alto.

No futuro a criança pode continuar com problemas respiratórios crônicos, com a asma. Alguns permanecem com o sistema respiratório mais frágil e pegam infecções respiratórias com mais facilidade.

Por isso é muito importante evitar que o parto aconteça antes da hora.